Conscientização ecológica

Ecologia_campanhaNesta seção apresentamos nossa campanha de conscientização ecológica, mostrando ações do dia a dia que podem ajudar nosso planeta e, também, a economizar recursos.

Vamos nos unir nesta causa?

Se todos colaborarem um pouco, por menor que seja a colaboração, no total estaremos ajudando muito!

 

Algumas ações:

 

canudinho plástico

  • abolir o uso do canudinho plástico descartável: ele não é o único excesso de plástico, certamente, mas você sabia que ele é largamente encontrado nas praias e oceanos? E mesmo se for para reciclagem partes não conseguem ser processadas devido ao seu tamanho e, então, de qualquer forma vão parar no lixo acumulando e prejudicando especialmente os animais marinhos.

 

squeeze

  • utilizar canecas ou garrafinhas (como squeeze) em vez de copos plásticos descartáveis e de isopor: muitas empresas têm adotado este hábito, além de economizar monetariamente, evitam o consumo desenfreado de plástico. Adote esta ação na sua casa também, e em outros locais que você frequenta, como academias, escola, centros e igrejas.

 

  • prestar atenção ao plástico “disfarçado: sabe aquele sabonete esfoliante delicioso? Você já verificou se é composto de plástico? Se for, descarte-o para nunca mais usar! Estas bolinhas vão direto para as redes de esgoto e param nos rios e oceanos. O mesmo vale para cremes e até pasta dental. Opte pelos produtos cujas esferas esfoliantes são de origem vegetal.

          DICA: normalmente, as empresas utilizam outros nomes para identificar o plástico, como polietileno e polipropileno. Ou termos em inglês: polyethylene, polypropylene, polyethylene terephthalate, polytetrafluoroethylene, polymethyl methacrylate e nylon. Fique atento! Se encontrar no rótulo algum desses termos, não adquira o produto. Há sempre uma opção no mercado.

bucha vegetal

  • substituir esponjas por bucha vegetal: mais um problema associado à poluição do plástico pode ser facilmente resolvido se substituirmos esponjas de cozinha, ou de banho também, por buchas vegetais, naturais e totalmente biodegradáveis.

 

Você sabia?

Dez milhões de toneladas de plástico vão parar no mar todos os anos! O plástico é durável, de difícil decomposição, e mesmo procurando reciclá-lo, componentes menores acabam indo parar no lixo, e depois, nos oceanos, prejudicando a vida marinha e entrando indevidamente na cadeia alimentar.
DICA: Evite seu uso em embalagens, itens de vestuário, em itens de culinária. O que não for possível evitar, separe para reciclagem!

Tabela_decompisção plástico

 

  • verificar nas embalagens dos produtos se são biodegradáveis: além de uma rápida decomposição, eles não geram resíduos poluentes que se acumulam na natureza.

Hoje, é possível encontrar diversos produtos biodegradáveis, inclusive o plástico. Alguns exemplos:

plástico (tem origem de celulose, amido, chitina, ou outras substâncias).

detergentes (os não ecológicos dão origem aquela espuma branca e densa que às vezes vemos em rios e mares. Ela é perigosa à vida pois impede a entrada de oxigênio na água, provocando a morte de peixes, aves e outras espécies que dependem desse habitat).

desengraxante (oferecem uma limpeza mais segura ao ambiente e também ao usuário, pois não possuem solventes, que são inflamáveis e tóxicos).

 

papel

  • repensar o uso do papel: na sua casa, ou na sua empresa, pense se realmente precisa imprimir algum material. Muitas vezes relatórios, por exemplo, podem ser enviados por e-mail, sem necessidade de impressão. Caso precise imprimir, utilize o verso também, aproveitando melhor o papel. Ou utilize como rascunho folhas impressas já não mais necessárias. Além disso, procure reaproveitar um caderno pela metade, usando como bloco de notas, por exemplo, ou doando a quem não tem condições de adquirir um.

 

Você sabia?

Ao contrário do que se imaginava no passado, a utilização do papel ainda é muito alta, apesar das novas tecnologias. E mesmo todas as árvores utilizadas na produção de papel no Brasil sendo florestas plantadas para o fim – e não nativas -, a produção do papel tem grande impacto ambiental no quesito consumo de água e de energia. Segundo a EMBRAPA, para produzir uma tonelada de papel são necessárias de 2 a 3 toneladas de madeira, mais grande quantidade de água e de energia.

 

  • economizar água e luz: desligue torneiras e chuveiros enquanto se ensaboa, não deixe aparelhos ligados à toa e lembre-se de apagar sempre a luz ao sair do ambiente.

 

  • reciclar: separe o lixo de sua casa, e incentive o mesmo em sua empresa.

reciclados

Quase tudo pode ser reciclado!

Veja a seguir os principais itens que você pode reciclar:

plastico

Garrafas; embalagens de produtos de limpeza e de beleza, como shampoos; canos de PVC; sacolas; sacos de leite; isopor; brinquedos; copos e utensílios descartáveis. De preferência lavados para retirada do produto.

metal

Latas de alumínio, como refrigerante e cerveja; latas de aço, como as de óleo e atum; molduras de quadros; molas; pregos e parafusos (como são perfurantes, coloque dentro de uma garrafa PET por exemplo para não ferir ninguém); tampinhas de garrafa e lacres de latas ou potes de iogurte; papel alumínio. De preferência lavados para retirada do produto.

papeis

Jornais; revistas; folhetos; impressos em geral; caixas; embalagem de leite (aquelas Tetra Pak).

vidro

Potes; frascos; garrafas; frascos de perfume e de remédio; pratos; tigelas; copos. Mesmo que em cacos, apenas lembre de cuidar para embrulhar de modo a não machucar ninguém).

ATENÇÃO:
Lembre-se de fazer o descarte correto do lixo! Além de separar o que é reciclado e o que não na coleta de sua cidade, atente-se a itens que não devem ser jogados no lixo comum, como:
  • medicamentos: o descarte comum pode contaminar água, solo e atingir os animais. Muitas farmácias recebem medicamentos vencidos ou que não serão mais utilizados.
  • óleo de cozinha: coe e coloque num recipiente tampado. Entregue a cooperativas ou pontos de coleta. O interessante é que pode ser reciclado para virar sabão e biocombustível.
  • baterias e pilhas: descarte nos Ecopontos ou em lojas de celulares no caso de baterias dos mesmos e aparelhos antigos, algumas recebem.
  • aparelhos eletrônicos: por terem componentes como chumbo e níquel, verifique Ecopontos que recebam esse tipo de item.
DICA: em São Paulo, você pode verificar no site abaixo Ecopontos próximos de sua casa de acordo com os itens que precisa descartar!
https://www.reciclasampa.com.br/pontos-de-coleta

NÃO PODEM SER RECICLADOS:

Cerâmicas; acrílico; lâmpadas; papéis plastificados; papéis sanitários, molhados ou sujos; fotografias; espelhos; fitas adesivas…

Antes de jogar no lixo comum, descarte em Ecopontos, verifique no site acima informado os itens recebidos em cada local!

 

Tem mais alguma ação para sugerir? Escreva-nos! Vamos ajudar a compartilhar a informação!

 


Saiba mais sobre o assunto à luz do espiritismo nesta matéria AQUI!