Crianças: pureza, mediunidade, desencarne precoce e vida no plano espiritual

“Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus.”

(S. Mateus, 5:8)

Essas palavras de Jesus estão no capítulo VIII do Evangelho segundo o Espiritismo alertando a necessidade da pureza no coração para chegar ao reino dos céus. Jesus toma a infância como emblema dessa pureza, que é inseparável da simplicidade e da humildade, o caminho para chegar a Deus.

 

Por que as crianças têm a alma pura?

O espírito, próximo do momento do reencarne, passa por um processo no qual todas as suas faculdades são adormecidas, ficando elas em estado latente.

Isso ocorre para que ganhe uma nova oportunidade de aprendizados durante a infância, já que a delicadeza da idade infantil torna os espíritos brandos, mais acessíveis aos exemplos capazes de modificarem sua natureza para que possam evoluir.

Assim sendo, é dada aos pais uma grande responsabilidade sobre esse ser, a de educar e colocar no caminho do bem, cortando já as tendências negativas do caráter, missão sagrada de que terão de dar contas.

crianças

A partir do nascimento, conforme for crescendo, gradativamente suas ideias e forma de ser vão se revelando, assim como as imperfeições das quais não se livrou em precedentes existências. Geralmente, na adolescência é que o espírito retoma a natureza que lhe é própria e se mostra qual era.

Não devemos nos esquecer de que o espírito está temporariamente criança, ele traz muita bagagem de vidas anteriores e, inclusive, pode o espírito da criança ser mais adiantado do que o dos adultos. Enquanto a idade não amadurece a razão, fica limitada a inteligência. E, muitas vezes, há um aprendizado dos pais com os filhos, e não apenas o contrário.

 

Mediunidade nas crianças

Para explicar de uma forma simples, as crianças até os sete anos ainda não estão completamente adaptadas à nova encarnação. Ainda estão muito ligadas ao plano espiritual, possuindo, assim, uma maior propensão à mediunidade. Algumas relatam aos pais vidências, ou sons e vozes, por exemplo. Sem o conhecimento, os pais julgam como fruto da imaginação e, em alguns casos, a criança é encaminhada a tratamentos psicológicos, sendo que se trata apenas de mediunidade.

Médiuns como Chico Xavier, Yvonne do Amaral Pereira e Divaldo Franco já desde a infância tinham a mediunidade desenvolvida espontaneamente.

É importante ressaltar que não se deve forçar o desenvolvimento de faculdades mediúnicas nas crianças, já que não há maturidade e compreensão para tal. Para os casos em que é espontânea, já é algo de sua natureza e sua constituição se presta a isso. Nesses casos, é importante que os pais não a estimulem senão sob a vigilância de pessoas experientes que lhe ensinem, pelo exemplo, o respeito às entidades do outro plano.

Não há uma idade determinada para o início do desenvolvimento mediúnico, mas recomenda-se iniciar a partir dos 18 anos, antes disso, apenas em casos nos quais ocorre um chamamento (ver mais na matéria Mediunidade).

 

Desencarne precoce

Quando ficamos sabendo de uma morte precoce logo nos choca e vem à mente o porquê de Deus ceifar a vida de uma criança que tem tanto futuro pela frente ainda.

Essa breve passagem pelo planeta se dá por algumas razões, como nos mostra o Livro dos Espíritos no capítulo IV:

“A curta duração da vida da criança pode representar para o espírito que a animava o complemento de existência precedentemente interrompida antes do momento em que deveria terminar, e sua morte muitas vezes constitui provação ou expiação para os pais.”

Tudo que ocorre na vida é para nosso aprendizado e progresso. Deus é perfeito e justo, e em sua infinita sabedoria nos ensina que para tudo sempre há uma razão. Precisamos lembrar que a vida continua, e a verdadeira vida é na verdade a espiritual.

 

Espírito de uma criança após a morte

Ao desencarnar, todos os espíritos de crianças são amparados por irmãos espirituais e levados a locais de recuperação em hospitais ou a colônias. Não há crianças vivendo no umbral.

Conforme forem perdendo as impressões da matéria, esses espíritos readquirem a anterior lucidez e, também a forma perispiritual adulta.

Porém, André Luiz relata que isso ocorre em apenas parte dos casos, a grande maioria necessita do apoio de irmãos espirituais por longo período para que se desvencilhem da forma infantil a qual se encontram mentalmente fixados.

A esses irmãos é dada a oportunidade de desenvolvimento no plano espiritual. Lá eles crescem e se desenvolvem, estudam e aprendem também.

Em Entre a Terra e o Céu, André Luiz menciona o Lar da Bênção, importante colônia educativa, misto de escola de mães e domicílio às crianças que regressam da matéria. À época da psicografia, nos anos 1950, lá viviam mais de 2.000 crianças, além de muitas almas femininas que se reajustam para a missão da maternidade.

Em uma mensagem psicografada por Chico Xavier em 1981, Sandra Regina Camargo relata a seus familiares sua nova condição espiritual, não mais de criança e sim de adulta: “Saibam também que cresci. Isso aconteceu na medida de meu desejo interno de me fazer uma pessoa grande.” Ela desencarnou aos nove anos quando perdeu a luta contra uma grave doença. Pouco menos de quatro anos depois escreve essa mensagem, que se encontra no livro Estamos no Além.

Há, ainda, irmãos que optam por se apresentar em reuniões mediúnicas ou em sonhos com a aparência da última encarnação como crianças para serem reconhecidos.

Após alguns anos, assim como ocorre com qualquer espírito na erraticidade (período vivido no plano espiritual entre duas encarnações), o espírito recebe a oportunidade de recomeçar outra existência.

Por Raquel Pereira


Saiba mais sobre o espiritismo com os cursos do Ave Cristo. Clique aqui e conheça as opções e os horários.


 

Um comentário em “Crianças: pureza, mediunidade, desencarne precoce e vida no plano espiritual”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s